Vamos falar sobre Dores Cervicais e ensinar 3 exercícios bem simples que você pode fazer em casa ou no trabalho e que vão ajudar muito na eliminação desse incomodo.

As dores na região cervical são cada vez mais frequentes por consequência dos vícios posturais no dia a dia. O uso dos celulares, tablets e as posturas relaxadas, mudam as curvaturas fisiológicas da coluna, levando a patologias como as Protrusões, Hérnias Discais, Discopatias Degenerativas, Estenoses de Canal, Cefaleias Cervicogênicas, mas esses são apenas nomes das patologias, porém elas tem uma causa. É preciso que voltemos um pouco atrás para tratarmos a causa do problema, senão estaremos apenas remediando e tratando o nome da doença.

COMO SUA DOR NA CERVICAL COMEÇA

Os problemas se iniciam, por um desequilíbrio da musculatura estabilizadora, que são os músculos posturais mais profundos, responsáveis pelo alinhamento e estabilidade das vértebras. A cadeia muscular posterior é mais fraca do que a cadeia muscular anterior, que usamos com muito mais frequência.

Então é preciso reequilibrar essas cadeias musculares, através de exercícios específicos. Estabilizações musculares para devolver o comportamento fisiológico da sua coluna.

E são alguns desses exercícios que eu vou ensinar para você. 

Outro fator extremamente importante que contribui para o aumento das dores, são as tensões e pressões emocionais. Elas colaboram muito mais do que podemos imaginar. Não tem como separar o corpo e a mente, suas emoções refletem diretamente no seu físico. Isso não é conversa de religião ou misticismo, já é comprovado em inúmeros estudos, quando temos reações negativas, as alterações fisiológicas acontecem imediatamente em nosso corpo. Nossos sistemas: Cardíaco, Digestivo, Imunitário, além de inúmeras outras reações químicas, reagem a isso imediatamente, levando a aumento das dores e até a criação de patologias. As dores na região da cervical estão ligadas ao peso que carregamos, bem como diz o ditado popular;

“Estou carregando um peso nos Ombros” ou “Tirei um peso das minhas costas”

E é exatamente isso que ocorre, carregamos um peso extra a cada problema que surge. Tudo bem, todos nós temos problemas, mas precisamos pensar a respeito de quanto tempo ainda carregaremos isso dentro da nossa mochila. Por quantos anos ainda levaremos na nossas costas aquilo que aconteceu semana passada, ano passado e muitas vezes há 10, 20 anos atrás. Eu sei que muitas coisas são difíceis de esquecer, mas entenda que isso tem que ser questão de escolha.

Se passou, não tem como mudar, não tem como voltar atrás, e ficar remoendo isso só nos deixa infelizes!

Escolha virar a página, escolha deixar o passado lá onde tem que ficar. Se você relevar o que aconteceu, não quer dizer que você aceita ou está de acordo, você tem direito de não estar, o que eu quero dizer é que vc precisa esvaziar a bolsa. E isso é possível.

Deixe de ser RESISTENTE.

Tente exercitar isso durante o seu dia . Quando o problema do passado vier a tona, diga a “ele” que isso passou! Que já foi! O passado só existe em você porque você o co-cria toda a vez que fala do mesmo assunto. Como disse, – existem inúmeros estudos científicos em laboratório que comprovam que se a pessoa apenas pensar num problema, suas reações químicas acontecem imediatamente –  só de pensar em um fato triste.

Portanto se você escolheu viver do que aconteceu, ou vive carregando sua bolsa cheia de passado e de sentimentos negativos, que você faz questão que permaneçam, suas dores não serão remediadas.

Escolha sua Realidade, escolha Relevar, escolha Respirar!

Eu sugiro a você, que busque um exercício respiratório durante seu dia! 30 minutos de silêncio, com olhos fechados e respiração profunda, nos devolvem um pouco da calma que precisamos. Comece com 30 minutos e depois vá aumentando esse tempo e logo você se sentirá bem melhor. Vou explicar melhor isso em um outro vídeo sobre “VOLTAR A CALMA RESPIRANDO”.

Vamos aos exercícios?


Esses exercícios podem ser realizados todos os dias, até 2x ao dia. Não se esqueça de respirar e se concentrar nos movimentos. E avalie se alguns fatos ou pessoas realmente valem a nossa pre-. ocupação excessiva. Se desgaste menos, releve mais, respire mais.

Acompanhe nossos vídeos pelo canal do youtube também , que vou ensinar a você exercícios simples e eficazes para que você tenha uma qualidade de vida melhor!

Até mais !