Pontos Gatilhos são nódulos musculares hipersensíveis localizados no ventre de um músculo, por sua contratura.

As fibras musculares (actina e miosina) ao invés de terem um comportamento normal de deslizamento entre elas, por motivos diversos como;

  • Má postura fixa;
  • Fadiga;
  • Movimentos repetitivos;
  • Movimentos bruscos;
  • Stress;
  • Sobrecargas emocionais, etc.

 

Fibra muscular em relaxamento e em contração.

Fibra muscular em relaxamento e em contração.

 

Os pontos podem estar Latentes, que causam uma rigidez e diminuição da amplitude, porém, sem dor ou Ativos, causam restrições de movimento acompanhado de dor. Um ponto gatilho principal Ativo, podem causar um ponto gatilho Satélite ativo, ou seja, em outro músculo próximo.

Ponto Gatilho do Músculo Trapézio – Pescoço – Dores na Coluna Cervical:

Ponto Gatilho Músculo Trapézio

Pontos Gatilhos Localizados na região do Glúteo Médio e Mínimo:

Pontos Gatilhos Glúteo Médio e Mínimo

 

Esses pontos não são lesões. São situações temporárias de um músculo ou de um grupo muscular, mas que podem ser revertidas com técnicas para relaxar essa contratura, mas se a causa da formação dos pontos for constante, essa situação pode se tornar crônica levando a Síndrome Dolorosa Miofascial Crônica, que envolve músculos, tendões, ligamentos e contraturas mais importantes e constantes.

Muito cuidado pois os pontos gatilhos podem piorar com esforços, situações emocionais e tratamento incorreto.

pontos-gatilho-geral

 

Como identificar um ponto gatilho?

  1. “Sinal do pulo”: Ao realizar a palpação, o músculo apresenta uma elevação que quando se faz um alisamento sobre o músculo ele “salta” nos dedos;
  2. Dor no alongamento ou contração do músculo envolvido;
  3. Hipersensibilidade a palpação ou pressão do músculo;
  4. Dor referida em torno do músculo ou até uma região mais abrangente.

As melhores técnicas para tratamento são as que desativam diretamente o ponto.

  1. Técnicas Indiretas: São as que usam a pressão indireta sobre o ponto.
  • Digito-pressão (pressão com a ponta do dedo do terapeuta);
  • uso de bolinhas;
  • ferramentas específicas para liberação do ponto.

pontos-gatilho-tecnicas-1-indiretas

 

2. Técnicas Diretas: São as que por meio de agulhas desativam o ponto. Chegam no ponto gatilho diretamente.

  • Agulhamento com anestésico;
  • Agulhamento sem anestésico (Dry Needling).

pontos-gatilho-agulhamento

 

Se prepare para o que vamos te ensinar agora!

Nós ensinaremos a você, uma técnica indireta, utilizando bolinhas de borracha, que pode ser aplicada em qualquer região do corpo, sem contra-indicações, basta você usar apenas o bom senso e respeitar o caso de uma dor excessiva. É uma técnica eficiente para se fazer em casa ou no trabalho, que sempre apresenta ótimos resultados.

 

Como fazer:

  1. Primeiramente você deve localizar o ponto doloroso. O mais doloroso que encontrar na região;
  2. Pode ser feito deitado ou contra a parede (contra a parede é mais eficiente);
  3. Não pode ser numa superfície mole, senão se perde a potência da técnica;
  4. Uma vez localizado o ponto, posicione a bolinha em cima do ponto, pressionar e segurar nesse ponto por 90 segundos;
  5. Repetir em outros pontos;
  6. Experimente colocar uma bolsa quente em seguida para relaxar o músculo.

 

Essa técnica pode ser realizada sempre que identificado esses pontos dolorosos, como em casos de torcicolo. 

trigger-point

Procure sempre fazer nossas dicas em um lugar tranquilo e tente manter a mente calma e não pense em problemas do dia a dia, de preferência por pensamentos bons e que remeta a bons sentimentos.

Ahhh e não se esqueça de respirar sempre. Oxigene seus músculos os resultados são sempre melhores!

Assista ao nosso vídeos sobre os pontos gatilhos onde ensino a realizar essa técnica, aproveite acesse nosso canal do youtube e se inscreva!

 

 

E você já se inscreveu na nossa lista de e-mails? Acesse o link https://goo.gl/HwKahl e se inscreva, sempre enviamos dicas sobre saúde, textos, matérias e exercícios para dores. Nos acompanhe!

Grande Beijo